Comentário 18 – 1.18: Protesto, não, e sim adoração.